Lembrar é preciso




"Nunca fui muito de depender. Paciência? Preciso de muita ainda. Mas aprendi a ser dependente de Deus, a entregar minhas causas diante Dele e esperar, paciente, pelo tempo certo de cada coisa. Aprendi a parar de querer resolver tudo do meu jeito, afinal, o jeito de Deus é sempre a melhor escolha. Eu abri meu coração pra essa nova vida. Descobri uma paz que não se acaba mesmo quando as ondas estão sacudindo meu barquinho, e quando tenho medo, Deus me pega pela mão e me vejo andando sobre as águas. Andando acima das dores. Esse caminho é estreito sim, mas é exatamente o tamanho da felicidade. Vale muito!" 


Escrevi esse texto há 4 anos e é tão legal poder lembrar de momentos passados e perceber que eu cresci, amadureci e hoje entendo um pouquinho mais sobre algumas coisas que anos atrás me eram confusas.
Tantas coisas mudaram e, consequentemente, eu mudei. E quando falo sobre mudanças, eu sempre penso que sofrer mutações é dolorido, mas que o resultado sempre vale a pena. Tem uma frase do Luther King que eu acho maravilhosa, ela diz: "Eu não sou quem eu gostaria de ser. Eu não sou quem eu poderia ser. Eu ainda não sou quem eu deveria ser. Mas, graças a Deus, eu não sou mais quem eu era." Graças a Deus eu não sou mais quem eu era! Graças a Deus eu não sou mais a mesma de 4 anos atrás. Eu mudei. Eu me tornei uma pessoa melhor. Mesmo assim, ainda tenho muitas milhas pra andar e muuuuitas coisas pra mudar.
Nesses últimos anos eu vivi muitas coisas e em todos esses momentos eu pude ver o agir de Deus. Eu nem imagino o que me espera daqui pra frente, só desejo que apesar das intempéries, eu saiba perseverar no caminho da verdade, firme e constante, com meu coração descansando em Deus.

Link do texto: Metanóia


Comentários

Ricardo Monteiro disse…
Bonito o texto, bonita a fé.

Bjos,
Ricardo Monteiro disse…
Então Luci, eu trabalho com Layout e como eu gosto muito dos teus escritos, quero me oferecer para fazer um template pra você totalmente free e tudo mais. Claro, se você aceitar a gente pode conversar e ficará tudo do teu gosto e estilo.

Qualquer coisa, estou por aqui.
Abraços.

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos

Talvez seja sim!