Uma poesia só #05




"O desapego das coisas ensina o que é amar.
Na certeza do fim, os tropeços ficam pelo caminho.
Pouco importam as cicatrizes.
Pouco importam os fracassos do passado.
O hoje é um presente do tempo.
O coração alinhado com o céu.
A alma cheia de agradecimento.
Uma dose de fé e as montanhas não permanecem.
Um passo de cada vez.
E tudo o que passou, fica pra trás, não volta mais,
morre distraído no tecido macio do tempo."


| Luci Alves |



Comentários

Postagens mais visitadas