E depois?


Não sei o que acontece depois. Qual o efeito colateral de todas as coisas que a gente vive. O que acontece amanhã e depois de amanhã dentro da gente.
Saudade da alegria vestida de coragem, daquela alma ingênua, cega pras coisas vãs. Daquele espírito de criança que não vê maldade em nada, incapaz de perceber o mal. Saudade das virtudes, essas de nascença, que perdemos com tudo o que a gente vai vivendo ao longo do caminho. É que não conhecemos as consequências a seguir, não sabemos o que vem depois. Talvez depois do medo venha a esperança. Mas não sabemos. Quem dera se a gente nunca esquecesse que a vida é curta demais pra se ter pressa.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos

Talvez seja sim!