"Antes de nascer o mundo."



"Quando me viam, parado e recatado, no meu invisível recanto, eu não estava pasmado. Estava desempenhado, de alma e corpo ocupados, tecia os delicados fios com que se fabrica a quietude. Eu era um afinador de silêncios."

Desses dias quietos, que a gente aprende que a frustração gera algum crescimento.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos