coisas da vida

Feira Hippie em Arraial D'Ajuda - Porto Seguro/BA


É engraçado como podemos mudar. Como podemos crescer e sermos responsáveis. É engraçado como somos capazes de nos acostumar com os fatos e com a falta. É engraçado que com o tempo coisas que eram importantes já não são. Momentos que se eternizam. Momentos que se desfazem.
Não sei se você escreve, e se escreve, não sei pra quê escreve. Eu muitas vezes escrevo pra não esquecer. Escrevo porque já não sei se é uma lembrança ou a lembrança de uma lembrança. Escrevo porque as palavras são mais fortes do que eu. É engraçado essa coisa de dom.
É engraçado que nosso coração confie tanto que deixe alguém cuidar do nosso amor. E que o coração de alguém também dê o seu amor pra gente cuidar. Que a gente não perceba a Terra girando. Que uma onda de efeitos conspirem pra que a gravidade nos segure aqui. No chão. Na solidez.
O mundo é cheio de coisas engraçadas. Que às vezes não fazem sentido. Que às vezes não são por querer, mas também não parecem ser coincidência. Que às vezes arrombam a porta da nossa casa.
Que quase sempre transformam tudo dentro e fora de nós.


Comentários

fiocchifiocchi disse…
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Mima disse…
Luci,

o mundo é mesmo engraçado. E giratório, o fundamental hoje já não o é amanhã... Estamos, sempre estamos. É uma absurda sensação de transitoriedade. É a vida.

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos

Talvez seja sim!