Amor incondicional


Se você conhece a história, então saberá do que estou falando.
Aquela mesa de pedra não foi feita pra Aslan, ela estava lá pra Edmundo, estava lá pra puni-lo dos erros que cometeu. Aquele lugar tinha sido reservado pra castigar as más escolhas de Edmundo, mas o Leão se sacrificou, se entregou no seu lugar. Ele se entregou por amor. Jadis não entendeu a profecia, não compreendeu a mensagem da pedra.
E sabe o que eu vejo??
Que existem muitas Jadis por aí, pessoas que não compreendem a mensagem da cruz. Cristo é Aslan, e eu? Eu sou Edmundo. Eu me vendi por uma porção de manjar turco, troquei o sol pelo gelo, por um pouco de satisfação. Eu barganhei por um futuro ilusório, cheio de neve.
Aquela cruz não foi feita pra Cristo, ela estava lá pra mim, ela era minha dor, mas Ele se sacrificou. Aquele calvário era meu. Meu fardo. Minha vergonha. Minha humilhação. Mas Ele me amou e por amor se entregou no meu lugar. Tomou minhas dores. Foi traspassado pelos erros que cometi. Moído pelas minhas más escolhas. Qual é a mensagem da mesa de pedra? Qual é a mensagem da cruz? Uma só: "Eu amo você!"

Por amor ele foi. E por amor ele vai voltar. Maranata!



Comentários

Mima disse…
Lembrei de Paulo escrevendo que o amor de Cristo nos constrange. Um morreu, logo todos morreram.

A coisa boa da mesa de pedra: a transformação de Edmundo de um rapaz mentiroso, egoísta e vaidoso, em um rapaz valente, nobre e com tanto altruísmo.
A minha prece é que a cruz também nos transforme de fato e nos ajude a superar nossos medos e fraquezas e ser um pouquinho mais parecidos com Ele.

Teu blog tá ultra (tri) lindo!
Há-braços.

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos

Talvez seja sim!