Imunidade


Há tempos de dificuldades que vem na nossa vida. Tempo de choro. Tempo de dor. Tempo de impaciência, angústia, desapegos. Tempo de tudo dar errado. Tempo de perder emprego, alguns amigos, a paz. Tempo de sequidão. De enfrentar desertos áridos. De correr atrás do nada. Há tempos de devastação e ruína. Tempo de vendavais. Desaconchego. De sentir-se só. Tempo de terríveis guerras. De conflitos interiores. De querer largar tudo, desistir de tudo, não medir as consequências. Agir por impulso sem nem pensar no que vem depois. Há dias em que o desconforto com o mundo é tão grande que a única vontade é entrar no quarto, fechar a porta e não sair mais. Dias de desilusão. Dias de fim. Mas chega um tempo que vem sobre nós um refrigério tão intenso e penetrante que temos a sensação de que nada mais nos pode atingir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos

Talvez seja sim!