Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2013

Meu Rio Grande do Sul

Imagem
"Vinte e um gramas é o peso que uma pessoa perde no momento exato de sua morte.  É o peso carregado pelos que sobrevivem."



Que a desgraça em Santa Maria nos faça valorizar a vida!
Nenhuma linha, palavra alguma. Nada do que você possa ler aqui ou em qualquer outro lugar que trate da tragédia de Santa Maria – RS, poderá sintetizar o sofrimento, dor e pesadelo que ronda o desastroso episódio do último final de semana. Está acima da nossa compreensão de sofrer; muito além do que a maioria de nós experimentou de amargo na vida. Em todo lugar a sucessão de erros que marcou uma madrugada numa pacata cidade nos lembra: a vida é perene. A gente não é porcaria nenhuma nesse mundo. Uma hora acaba, e tchau. Dói constatar a nossa impotência – justo a gente, justo o Homem, justo o Centro do Universo, como alguns acreditam ser... Como somos fruto de uma Sociedade de Espetáculo, onde o sensacionalismo impera a todo instante, ainda haverá mais e mais sofrimento: passadas as fotos bárbaras que vaz…

Letter

Petrolina, 13 de Dezembro de 2012
"(...) Eu te desejo muita dança, e sol, e palavras certas, te desejo a certeza Emanuel, Deus conosco, desejo até a eternidade seu afeto a la Jane Austen, desejo risos, desejo Nárnia, desejo que na sua estrada de tijolos amarelos nunca falte um amigo para partilhar o cansaço, desejo os sonhos de José, o andar de Davi, a coragem de Jeremias, a força de Débora, a marca de filho sempre que passar pelo vale de Jaboque, te desejo os cantos Miriã, a convicção de Daniel em não se contaminar, a obediência de Oséias, a amizade que Abraão desfrutou, o conhecimento de Paulo, te desejo a animosidade de Calebe e a paciência para suportar a fraqueza alheia tal qual Barnabé. Te desejo a persistência da mulher cananéia, o zelo de Neemias sobre as coisas do Senhor. Te desejo o céu que Estevão viu, que as tuas orações marquem essa geração como Jabes. Te desejo a paz que o madeiro trouxe. Te desejo ousadia para entrar com frequencia no Santo dos Santos. A cortina foi…

Talibã

Imagem
A batalha da pipa azul.    


O que me parecia engraçado era que, pela primeira vez, desde aquele inverno de 1975, estava me sentindo em paz. Ria porque tinha percebido que, em algum cantinho escondido da minha mente, sempre estivera procurando por isso. Lembrei daquele dia, no alto da colina, quando atirei as romãs em Hassan, tentando provocá-lo. Ele só ficou parado ali sem fazer nada, com o suco vermelho empapando a sua camisa como se fosse sangue. Depois, tirou uma romã da minha mão e a esmagou na testa. "Está satisfeito agora?", sussurrou ele então, entre dentes. "Está se sentindo melhor?" Não, de jeito nenhum; não fiquei satisfeito, nem me senti melhor. Mas agora, sim. O meu corpo estava todo quebrado — só mais tarde ia descobrir em que estado ele realmente estava —, mas me sentia curado. Enfim curado. E ria. 
O Caçador de Pipas, pág. 286/287

2013

Imagem
Então, quase dezesseis dias que esse novo ano começou e os projetos e metas também.
Terceira semana do ano e já estou no segundo livro, e ansiosa pelos filmes e musicais!
Quem não está, não é?! 

Pra 2013 é o seguinte:
(alguns dos livros que quero ler e filmes que desejo assistir)

Livros:
- Um dia, David Nicholls;
- A menina que roubava livros, Markus Zusak;
- A travessia, William Young;
- Graça, Max Lucado;
- A abadia de Northanger, Jane Austen;
- A primeira vista, Nickolas Sparks;
- A aventura de um cliente ilustre, Arthur Doyle;
- A cidade do sol, Khaled Hosseini;
- O vendedor de sonhos, Augusto Cury;
- O vendedor de sonhos e a revolução dos anônimos, Augusto Cury;
- Amor é um verbo, Gary Chapman;
- O evangelho maltrapilho, Brennan Manning;
- Mansfield Park, Jane Austen;
- Alma sobrevivente, Philip Yancey;
- Maravilhosa Graça, Philip Yancey;

(...)


Filmes:
- O Cavaleiro Solitário


- Os Miseráveis


- Oz: Mágico e Poderoso


- As Vantagens de ser invisível


- Três histórias, Um destino


- João e Maria: Caçadores de b…