Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2012

Entre paradoxos

Imagem
Não é que eu não goste de surpresas. Eu gosto muito!
É que as peças que a vida prega na gente, as vezes assusta.
Só isso.


Uma peça que falta na alma...

Imagem
...ballet.
Disciplina, perseverança e amor. Dor, distensões e sorriso estampado. Pés calejados, espasmos, postura, curvaturas, allongés, pirouettes, saltos, tendus, demi-pliés, anturnans, fuetes, assemblés (...) e sorriso estampado. Fé, sonho e esperança! O ballet me ensinou a sorrir e manter-me firme, mesmo em meio a dor. Me descobri muito mais clássica do que imaginava. Eu achava que o ballet entediaria meu temperamento forte e minha personalidade agitada, mas não. Foi como um calmante, o dia poderia ser péssimo, as preocupações podiam estar a mil dentro de mim, mas era só começar a tocar aquela música, que tudo passava. Eu me entregava ali. Agora acabou. Mas aquela calma ficou. E muita aprendizagem e saudade. Não posso, nem conseguiria explicar a falta que o ballet me faz, sou completamente incapaz de dizer como meu corpo sofre com essa falta, e como pede pra voltar.
Mas, minh'alma espera em Deus, com aquela ansiedade miúda que através do ballet, Ele me ensinou a ter. Preciso…

Livros são aventuras!

— Já foi à Pérsia, então?!
— Sim, umas cem vezes. Assim como São Petersburgo, Paris, o centro da Terra, planetas distantes e Shangri-lá. E nunca tive que sair desta sala. Livros são aventuras! Eles contém assassinato, desordem e paixão. Eles adoram todos que os abrem.

[ Inkheart ]

A biblioteca da tia Elinor é simplesmente maravilhosa, ainda mais pelo sofazinho na janela. Sonho meu! 

(re) Encontro

Imagem
"...dentro do quarto da minha mãe tinha um armário,
dentro do armário tinha uma gaveta,
dentro da gaveta tinha uma caixa,
dentro da caixa tinha um envelope,
dentro do envelope tinha um monte de retratos,
dentro de um retrato tinha Bisa Bia."


Quando eu era pequena, minha mãe lia pra mim. Me fez pegar o gosto por livros. Um dia, na biblioteca da escola eu achei Bisa Bia, Bisa Bel de Ana Maria Machado e me apaixonei. É simples, como uma minissérie de poucos capítulos, mas me encaixei muito bem na história de Isabel. Eu tinha nove anos quando o li pela primeira vez, e foi o segundo livro que me encantou desde minha independência como leitora. É que Bisa Bia mora comigo, mas não do lado de fora. Bisa Bia mora muito comigo mesmo. Ela mora dentro de mim. E eu havia me esquecido dela. Sem querer, deixei Bisa Bia voltar para o retrato, para o envelope, pra caixa, pra gaveta, pro armário. Hoje, mexendo nos meus HQs, encontrei-a novamente, como quando tinha nove anos, e me reapaixonei! Ela é…

Língua encantada

Imagem
Eu queria que a minha leitura tivesse o poder que a tua tem, Mo!

Somos frágeis

Imagem
Em uma semana tudo mudou. Chegou a guerra. Medo. Foi-se a paz desse lugar. A maldade nos levou as palavras escritas na entrada da cidade Um lugar para se viver. Sete acidentes de trânsito e três mortes. Um assassinato, no centro, em plena luz do dia. Um carro que invade a calçada. Uma moto que cruza a preferencial. Um bebê que cai do berço e sofre traumatismo craniano. Três tiros certeiros. Um inconsequente fazendo racha. Imprudência. Violência solta. Traficantes em ação. Não vou tentar explicar o desespero de pais enterrando seus filhos ou o saltos do coração ao ouvir barulho de sirenes por todos os lados. Hospitais e postos de saúde estão lotados. Funerárias ganhando com famílias em luto. Numa semana ainda tinha-se tranquilidade e apreço de poder caminhar sem medo, mas não agora. A aflição que bate à insegurança de ser álguem a quem amamos. Em um município de quase 70 mil habitantes, não é nada normal, nem costumeiro, um arremedo de tristezas assim. A página policial aumentou. A tax…

Conto peregrino

Imagem
Eu não conheci um chapeleiro lindo pra me ensinar a dançar, mas nem por isso a vida se tornou um ballet fracassado. Sou cheia de sonhos, expostos, guardados, de sossego, com urgência, estrangeiros, à beira-mar, vazando pela borda. Sonhos são power-ups!

Título inspirado em García Márquez.