É, não adianta mais, guri!
Você me quer por perto tanto quanto te quero aqui também. A gente não consegue mais viver sem nós. Ou consegue?! Prefiro deixar essa pergunta sendo apenas uma interrogação solta num ar distante. Não pago pra ver, não mesmo. A gente é muito adaptável, se acostuma com tudo, até mesmo com a falta. Por isso, prefiro não tirar a prova. Te quero sempre aonde eu possa ver, até onde os meus olhos alcançam. E você me carrega dentro, é aí que me sinto confortável. É, não adianta mais, guri. Nosso futuro já está traçado. E foi você quem escolheu, e foi Deus quem arquitetou.

Comentários

Postagens mais visitadas