Você chegou de mansinho, quietinho, como quem não quer nada. Pé por pé. Me sequestrou, me pegou sem permissão, me levou pra si.

Comentários

Sem mais disse…
que seja doce :)

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos