Senta aqui do meu lado. Me conta como foi teu dia. Me fala dos problemas, das chatiações, daquilo que anda te encomodando. Me diz o que tem pra ser dito, o que quer dizer e o que não quer também, prometo guardar tudo em segredo. Diz pra mim não só as coisas belas, diz as versões feias, as coisas ruins, as feridas ainda abertas. Deixa eu ser curativo para as tuas dores, me deixa cantar pra te sarar. Não posso te prometer que não vai mais sofrer decepções na vida, mas posso dizer que nunca farei nada pra que isso aconteça. Nunca abrirei rompimentos em teu peito, nem despedaçarei tua paz. Eu quero te ver feliz. Quero te ver sempre bem. Quero te ver. Isso pra mim basta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos