geodésia


Eu aqui. Pensamento lá.
Baú pesado de pretérito. Cheio de palavras boas (que já pareceram melhores). Caderno rabiscado, jogado num canto da gaveta. Uma etiqueta de roupa, um papel de bala, um bilhetinho de biscoitodasorte. Guardado ali, um pedaço de mim, coisa pouca, mas era eu.

Comentários

Sandra Ribeiro disse…
Se era você, isso basta!

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos