comemorando


2 anos e 8 meses.

'O som da tua guitarra, um rock leve, uma música pra sempre em mim. Um sentimento pulsando forte e um sorriso de quem diz: "estou amando".
E isso bastou. 
Foi o suficiente pra nós, meio sem querer, meio sem saber, amor verdadeiro.
Não teve um poema romântico, mas teve um - eu te amo - como jamais alguém falou antes. Veio como vento que balança as árvores e leva embora suas folhas, e deixei que me levasse, que me amasse, que me fizesse feliz. E fez. E faz.' 
[muitos tons]

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

Talvez seja sim!

É sorrindo que se fala com os olhos