capítulo oito


"Ela não gostava de imaginar a si mesma como uma neurótica, mas essa análise interminável era muito estranha. Além disso, disse a si mesma, tinha sido mais um passeio turístico em que ela servira de guia do que propriamente um encontro. Mas não importava o quanto se esforçasse para parar de pensar, a imagem de Jeremy continuava a surgir inesperadamente: o sorriso evasivo, seu ar de divertimento com as coisas que ela dizia."


Pág.144 - O Milagre, Nicholas Sparks

Comentários

Meire disse…
Lindo aqui, amei o post *-*
bj bj
Luci.Alves disse…
valeu, guria. Sinta-se em casa !

bjão ;*

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos