Eu ainda não entendi ao certo o que me fascina tanto em você. Se tua fala, se teu riso, se você todo. Porque não há nada que me tire isso.
Ainda não descobri o quanto te amo, só sei que é bastante e não sei dizer onde ou quando começou, só sei que percebi tarde demais pra tentar ignorar. Ainda não sei de muitas coisas e talvez nada dê certo pra mim, talvez nada dê certo pra ti, mas tenho um pré-sentimento que tudo vai dar certo pra nós.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

Talvez seja sim!

É sorrindo que se fala com os olhos