voei bem longe


Dancei. Me encontrei.
Eu olhei pra um lado, pra outro e fui.
Não sei como dizer isso, mas me transformei lentamente em um
pássaro além das grades de uma gaiola, solto em um céu infinito,
as asas um tanto desajeitadas ainda, mas um livre-livre suspiro na alma
Uma pulsação saltitante de um coração vivo, 
Pipas, balões e cantos por todos os cantos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para inspirar: Home Office

É sorrindo que se fala com os olhos